Pátio da Fruta Fresca

1393724_10202460262776999_6498930325892769787_n

“Então e não vais escrever sobre o nosso acampamento?”

Como não escrever sobre este acampamento onde aterrei de penetra, mas não o sinto.

Este acampamento onde penduramos roupa e frases, e cadáveres esquisitos que desenhámos nas primeiras manhãs desocupadas.

Este acampamento que se mantém um oásis no caos de tendas à nossa volta.

Este acampamento onde partilhamos comida e  ideias, e a que chamamos Pátio da Fruta Fresca, porque sim.

Este acampamento onde me deito agora a olhar o céu através das árvores,  a pensar na sorte que tenho por ter estas pessoas a cruzar o meu caminho.

Este acampamento que é tão mais que o espaço físico que  ocupa. Que somos todos, aqui e nas noites longas de hidromel. Aqui e nos mergulhos. Aqui e nas sestas. Aqui e nos braços dados em Círculos Circassianos, em Scottishes, em Polkas, em Andros, em Hunter Dros, em Valsas, em Mazurcas e em todas as outras danças que não sabemos, mas inventamos.

Aqui e na energia de uma Fanfarra afinada, de uma Tarantela louca. Aqui e nos silêncios partilhados, quando a música diz tudo.

Aqui e em qualquer lugar. Mesmo quando estivermos todos longe daqui.

 

(O Pátio da Fruta Fresca aconteceu no Festival Andanças)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s